terça-feira, 3 de novembro de 2009

Polícia invade sede da Federação Anarquista Gaúcha



Na tarde do dia 29 de Outubro foi deflagrada a execução pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul de dois mandados judiciais (Justiça Estadual) de busca e apreensão na sua sede pública em Porto Alegre e no endereço de hospedagem do site vermelhoenegro.org na cidade de Gravataí. Em tais ordens constava o recolhimento de material impresso de propaganda, computador (CPU) e demais objetos relacionados à queixa criminal. Os agentes do Estado inicialmente tentaram arrombar o portão conforme testemunho de vizinhos do local, já que a sede estava fechada naquele momento. Após a entrada no local, mediante a leitura do mandado, iniciaram a busca no interior do imóvel por cartazes, boletins informativos e demais documentos ao mesmo tempo em que desligaram o telefone, alegando que durante aquela execução não se pode usar tal meio. O agravante é que além do cartaz requerido pela ordem judicial, no qual a governadora é responsabilizada junto à Brigada Militar (polícia militar estadual) pelo assassinato de Eltom Brum da Silva, levaram o estoque de arquivo de outras produções impressas de opinião política e informação, como um arquivo de cartazes reivindicando a saída da governadora e denunciando a ingerência do Banco Mundial no seu projeto político. Este material é parte da campanha pública deflagrada pela FAG dentro do contexto de uma ampla campanha de mobilização sindical e popular que vem se desenvolvendo há pelo menos um ano neste estado.
em: 02/11/2009 23:11 - por Federação Anarquista Gaúcha
mais informações no http://www.vermelhoenegro.org/fag/

terça-feira, 13 de outubro de 2009

MUSICA INÈDITA DOS SEÑORES _ AO VIVO

Aí pessoal, acabei de ver no youtube um vídeo dos Señores tocando "EU NÃO QUERO SER COMO VOCÊ" na praça universitária no Bar do ZÉ Ninguém, iniciativa de punks, rappers e companheiros libertários criando autonomamente um espaço underground na praça.
Confiram aí. Vale a pena!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Homeestúdio e o Novo Single dos Señores

É impressionante. Realmente eu estou muito empolgado com o estúdio caseiro de gravação que nós dos Señores montamos. A gente já tinha um bom computador. O que compramos?

Uma placa de som, um préamp, um microfone e um phone de referência (phone de ouvido). Com este equipamento, que não custou mais de R$1800,00 conseguimos fazer uma gravação que considero de muita qualidade. A única coisa que tivemos que gravar em um estúdio profissional foi a batera, pois optamos por uma placa de som de só duas entradas (A gravação de bateria exigiria vários microfones em cada peça fundamental).
Eu fiquei bastante satisfeito com as guitarras, o baixo e os vocais. O mais difícil está sendo mixar e masterizar o som. Fiquei semanas fazendo uma pré-mixagem do nosso novo single "A BATALHA FINAL", mas o resultado não agradou nem mesmo os companheiros de banda.
Acho que o problema maior da mixagem, além de ter um ouvido afiado e um conhecimento técnico profundo de equalização e de efeitos, está no som em que você ouve a música que você está mixando. Eu tenho um som simples e um phone profissional que compramos. Entretanto, as caixas de referências (que são caríssimas) é que nos propiciam percebermos cada agudo, grave ou médio que colocamos ou tiramos na música.
A falta de caixa de referências faz com que o som que eu ouço me pareça perfeito, mas em outro equipamento de som, pareça uma merda. Ou seja, ficamos sem referência para saber se a música está boa ou não.
O Maurício (batera) e o Barrigudo (técnico de som) acharam que os vocais do single ficaram com muito echo. Aqui em casa, nos meus phones não aparece echo algum. No som do barrigudo, o bumbo da bateria aparece muito grave. Segundo ele, a música ficou parecendo música eletrônica de tanto grave. Aqui em casa, a música aparece sem grave, com muito médio. Enfim, cheguei a duas conclusões:
01 - eu sou um neném em mixagem de som.
02 - caixas de referência são fundamentais se queremos atingir um som de qualidade.
A solução que eu encontrei foi a seguinte: mandar todas as faixas da música para o barrigudo, técnico de som que está em Caldas Novas, para que ele mixe por lá, já que ele tem o dom e o ouvido nato para este tipo de trabalho. Vamos aguardar ansiosamente. Ele acha que não demora pra fazer um trampo granfino. Estamos esperando!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Ramones ganhará cinebiografia*


Produção vai se basear em I Slept With Joey Ramone, livro de memórias de Mickey Leigh, irmão do frontman do grupo punk

A trajetória dos Ramones, banda seminal do punk, vai ser contada nos cinemas, com roteiro baseado em I Slept With Joey Ramone ("eu dormi com Joey Ramone"), biografia escrita por Mickey Leigh, irmão do líder do grupo.

De acordo com o blog Risky Business (incorporado ao site The Hollywood Reporter), o projeto, que começou de forma independente, foi abraçado pela Fox Searchlight, divisão do estúdio especializada em filmes indies (exemplo: o vencedor do Oscar Quem Quer Ser Um Milionário?).

A cinebiografia tem roteiro assinado a quatro mãos - além de Leigh, o filme conta com Legs McNeil, cronista das antigas do movimento punk.

Nascido Jeffrey Hyman e vítima de um linfoma fatal em 2001, Joey Ramone - que consagrou, entre muitos versos, o bordão punk "Hey, ho, let's go", será o foco da história.

Contemporâneo dos britânicos Clash e Sex Pistols, o Ramones foi a força punk por excelência dos Estados Unidos. O legado musical da banda, encerrada em 1996, carrega hinos como "I Wanna Be Sedated" e "Sheena Is a Punk Rocker".

Comprar os direitos para adaptar o livro às telonas - e também para usar a música do conjunto na trilha - não foi tarefa fácil. A produção ainda está sendo negociada por Rory Rosegarten, produtor executivo do extinto sitcom Everybody Loves Raymond - ele se empenha em levar a vida de Joey Ramone às telonas desde pelo menos 2006, quando o filme foi noticiado pela primeira vez.

O projeto ainda não tem diretor e elenco selecionados.

A trajetória do grupo punk não é inédita no cinema - um exemplo é o documentário End of the Century (2004) e a comédia teen Rock 'n' Roll High School (que deve ganhar remake). Mas o projeto da Fox será pioneiro na abordagem ficcional da trajetória dos Ramones.

*artigo retirado do site oficial da revista rollingstones
http://www.rollingstone.com.br/

terça-feira, 29 de setembro de 2009

EM BUSCA DAQUELES APLAUSOS!



Eu estudei num colégio de freiras. Todo ano, a escola organizava uma caminhada pelo meio ambiente. Toda sala tinha que escolher um tema, definir as roupas, os cartazes e montar um bloco da marcha. Eu estava na 5.a. série e tinha 10 anos de idade quando eu fiz uma música para o nosso bloco. Eu me lembro que a primeira frase era: “Abatido o jacaré vira sapato de muié”. É claro que o Fred, que na época tinha 14, me ajudou a fazer a letra e acho que ele fez a maior parte dela, mas ninguém ficou sabendo. O fato é que eu levei o violão e mostrei a música para a sala e todo mundo gostou muito, muito mesmo. O professor de matemática, Divino, que era o coordenador da sala ficou tão impressionado que me levou para tocar a música para o diretor da escola, Xavier, que tocava violão e conhecia muito de música. Eu me lembro que o Xavier gostou demais da música, mas mudou o tom e a batida, pra ver se eu desafinava menos e tocasse num estilo menos rock’n roll. Mas, eu não segui as orientações dele é claro. Continuei gritando em SOL (G) e tocando em MI (E). O certo é que toda a escola ficou sabendo que tinha um garoto de 10 anos que tinha feito uma música brilhante. Uma 7.a. série, que a gente achava formada por garotos bem mais velhos, me chamou pra compor a música deles e eu fiz uma canção bem triste sobre o Pantanal escrita em cima de uma melodia nostálgica do Raúl Seixas. Essa letra eu fiz sozinho. O certo é que eu tive os meus momentos de glória, um dia, há exatamente 20 anos atrás. E desde aquele momento eu passei a buscar uma canção, uma frase, uma melodia que me devolvessem aqueles aplausos que o garoto menos abastado daquela escola de milionários um dia teve. Mas, o fato é que a sétima série inteira se decepcionou e acabou não usando a minha música, afirmando que era muito triste. E neste dia eu aprendi que o brilhante na primeira canção não era a letra ou a melodia. Mas, a alegria contida nelas. Foi a única música feliz que eu fiz em toda a minha vida. E eu continuei indo constantemente à sala do diretor. Mas, nunca mais o fiz como convidado. Nenhum professor me levou ali mais para tocar uma música, mas muitos me levaram para ouvir sermões. Afinal, a escola viu em mim mais um arteiro do que um artista. Mais um letreiro, do que um letrista. E escreveram em mim, professores e bedéis, diretores e freiras, uma palavra americanizada sobre o meu corpo brasileiro: LOOSER!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

OUÇA UM TRECHO DO NOVO SINGLE DOS SEÑORES

E aí pessoal, sábado gravamos os vocais do novo single dos Señores chamado "A BATALHA FINAL". Dêem uma sacada no vídeo, dá pra ouvir alguns trechos da música ainda não mixada.
Eu estou fazendo o trabalho de pré-mixagem para mandar pro Fred, pro Maurício, e, principalmente pro Barrigudo, técnico de som dos Señores, pra ver o que precisamos mexer. Dêem uma olhada aí e deixem seus comentários.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

10 MELHORES FRASES DOS SEÑORES


Hoje eu resolvi fazer uma seleção das frases ou estrofes que mais gosto das músicas dos Señores. É uma seleção bem pessoal. Se não concordarem, adicionem a de vocês, mudem a ordem, façam o que bem entenderem. Afinal, este espaço é nosso, isto é, de todos nós. Segue aí a lista de baixo para cima, com muitas dúvidas é claro.
Obs: só selecionei as frases das músicas que já foram lançadas.

10) Estou cansado de cantar tantas letras pra pessoas que não vão nem mesmo me escutar (CAMUNDONGOS)

09) O mundo em que eu vivo eu não escolhi
Tudo estava pronto quando eu nasci (O OPERÁRIO QUE NÃO VIROU PRESIDENTE)

08) Diz que vai no espelho sem parar, põe uma roupa e retira, quem me fez tão indecisa? Se martiriza sempre assim, nada fica bem em mim, eu estou gorda e feia ou algo assim. (TUDO EM PAZ)

07) Ainda que eu falasse a língua dos anjos e dos homens, sem dinheiro e com amor, eu nada seria. (MANTENHA O SISTEMA)

06) Conhece o mundo pelos livros da faculdade e vê cinema como vê a realidade.
Acorda cedo para ler o jornal e chora por não ter amigos, hoje em dia isso é normal. (ROTEIRO ORIGINAL)

05) O mundo soa estúpido demais para o que eu quero lhe dar (CAMUNDONGOS)

04) O porco liderava uma revolução
Todo bicho lutou junto pra transformação
Expulsaram o fazendeiro e tomaram o seu dinheiro
Vibraram com a vitória com glória e pra que?
Deixaram o porco no poder
O porco também era um grande trabalhador
O problema era o fazendeiro explorador
Mas, quando a gente dá alguém poder e dinheiro
O porco vai virando um novo fazendeiro (O OPERÀRIO QUE...)

03) Mas, um dia chega a nossa vez, de uma idéia uma explosão se fez, sem governo, sem patrão nem reis, nós faremos nossas próprias leis. (BOM RAPAZ)

02) Se você subir em um prédio no vigésimo andar
La embaixo o que disserem não vai dar pra escutar
Todo mundo é pequeno quase nem dá pra ver
Esses são os olhos de quem está no poder. (O OPERÁRIO QUE...)

01) Muda de visão, quem muda de lugar (O OPERÁRIO QUE...)